Sábado, 22 de Junho de 2024
48996258881
Polícia Federal Lavagem de dinheiro

PF investiga grupo responsável por fraudes fiscais em Santa Catarina

Os investigados responderão pela prática dos crimes de organização criminosa, fraude à execução, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

06/06/2024 15h24 Atualizada há 2 semanas
Por: Jaime Júnior Soares
Foto: PF/Divulgação
Foto: PF/Divulgação

Criciúma/SC. A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (6/6), a Operação Dissimulação para combater a sonegação fiscal e a lavagem de dinheiro praticadas por grupo empresarial catarinense, que teria lesado o erário em mais de R$ 56 milhões de reais.

Na ação de hoje, a PF realiza buscas em nove imóveis de pessoas físicas e jurídicas envolvidas no esquema criminoso, localizados nos municípios catarinenses de Criciúma, Içara, Siderópolis, Camboriú e Balneário Camboriú.

Continua após a publicidade

A apuração dos fatos teve início no final do ano de 2022, a partir de informações repassadas pela Procuradoria da Fazenda Nacional, que identificou a prática, por grupo empresarial, de manobras ilegais para frustrar a execução de créditos tributários.

No decorrer das investigações a PF constatou que o grupo empregou diversos subterfúgios para burlar pagamentos de débitos tributários de empresas, dentre os quais a transferência de bens e faturamento para empresas diversas; utilização de interpostas pessoas (laranjas); sucessões simuladas entre empresas; confusão patrimonial; ocultação do sócio ou administrador principal; e compra e venda simulada de imóveis.

Continua após a publicidade

Além das buscas, foram decretadas pela Justiça Federal medidas assecuratórias de bens, direitos e valores dos investigados e das empresas integrantes do grupo, visando assegurar a indisponibilidade dos lucros obtidos com a prática criminosa e a reparação dos danos, e ainda para cobrir os débitos tributários devidos.

Os investigados responderão pela prática dos crimes de organização criminosa, fraude à execução, lavagem de dinheiro e a evasão de divisas, cujas penas somadas podem chegar a 26 anos de prisão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Notícias de Criciúma - SC
Atualizado às 21h00
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (23/06)

Mín. ° Máx. °

Amanhã (24/06)

Mín. ° Máx. °